PRIME AGÊNCIA - Agência Esportiva

 

“Em casa” e perto de primeiro clássico com torcida única, Alisson não vê favorito para o Ba-Vi

05/02/2020

Aos 23 anos, o meia Alisson Farias vai vivenciar algumas novidades na carreira no próximo sábado. Titular do Vitória, o atacante vai estar em campo pela primeira vez em um Ba-Vi e com torcida única. A partida, marcada para as 18h (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova, só vai contar com a torcida dos mandantes, seguindo o que acontece desde 2017 por recomendação do Ministério Público da Bahia.

- Nunca joguei um clássico com torcida única. Minha maior experiência em uma partida desse nível de rivalidade foi em um Gre-Nal. Mas na época aconteceu com duas torcidas e tinha até uma parte onde tinha torcida mista. Será uma experiência totalmente nova para mim. Mas de qualquer forma vamos entrar em campo focados no jogo e no resultado - disse o meia.

Alisson chegou ao Vitória no início da temporada, após assinar contrato por duas temporadas e ter 60% dos direitos econômicos adquiridos pelo Rubro-Negro. Nesse pouco tempo em Salvador, o atacante já se vê adaptado à cidade. Falta agora achar o melhor entrosamento com os companheiros de time.

- A cidade de Salvador é maravilhosa. Apesar do calor, já me sinto em casa aqui. Nós como um time ainda não estamos totalmente entrosados, até porque é ainda início de temporada e precisamos de mais tempo para entrar na melhor forma. Mas tenho certeza que aos poucos vamos estar 100%. Estamos trabalhando forte no dia a dia para isso - disse.

Perto do primeiro Ba-Vi, Alisson vê o Vitória em condição de encarar de igual para igual o maior rival. O atacante lembra que o Rubro-Negro já fez dois jogos diante de equipes que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro em 2020 e não foi derrotada.

Contudo, os empates contra Fortaleza e Sport não fizeram o Vitória chegar à zona de classificação do Nordestão. Neste momento, a equipe treinada por Geninho ocupa a 5ª posição, com dois pontos. Situação que não faz Alisson Farias ver o time pressionado para a próxima partida.

De forma alguma. Enfrentamos equipes de Série A até aqui que são muito qualificadas e jogamos de igual para igual. Ainda estamos nos entrosando e buscando a melhor forma e aos poucos vamos conseguir evoluir na competição. A Copa do Nordeste é muito importante para nós e vamos buscar vencer pensando em uma partida de cada vez.- Não acredito em favoritismo por se tratar de um clássico. Claro que eles têm vantagem por jogar em casa e ter um time base que joga junto há mais tempo, mas temos totais condições de jogar de igual para igual contra eles. Acredito que vai ser um jogo muito disputado.

Comentários

Outras notícias
05/02/2020
“Em casa” e perto de primeiro clássico com torcida única, Alisson não vê favorito para o Ba-Vi

 

 

 

 

04/02/2020
Após vitória em clássico, Zé Marcos aprova semana cheia de treinos no Avaí

 

 

 

 

01/02/2020
Estaduais começam com atacante do Oeste Paulista levantando taça em carrasco do Palmeiras

 

 

 

 

Voltar

 

PRIME AGÊNCIA ESPORTIVA
Todos os direitos reservados